Seguidores

domingo, 3 de junho de 2012

Suicídio virtual no mundo REAL



Suicídio virtual no mundo real



Todos sabem da grande importância que tem os meios de comunicação, sabemos mais ainda da revolução tecnológica que ocorreu nesses últimos dez anos com o advento da INTERNET.
Contudo é deveras preocupante o direcionamento que os relacionamentos de Redes Sociais, comunicadores e outros tantos programas e sites, que mexe com a cabeça da criança e do adolescente.
As Redes Sociais são proibidas para menores, contudo muitas crianças cansam de fazer perfis, de usar comunicadores e até chat de bate-papo, os pais pensando que em casa elas estão seguras, não ligam para o que elas fazem, desde que estejam trancadinhas em seus quartos.
Outros acham até estranho a criança ou adolescente ter distúrbios de comportamento e até distúrbio do sono, muitos até reclamam, entretanto a permissividade vai a tal ponto que quem domina o ambiente residencial agora é a criança/adolescente, é aceito tudo complacentemente, para não dar mais confusão ainda.
Foram  nesses termos que aconteceu um caso provavelmente inusitado em Salvador, no início do mês onde um adolescente de quinze anos de idade se apaixonou por um avatar em umas das salas de chat de 3d.- IMVU -
Os pais comentaram que sempre o achara  com desvio de comportamento, muito tímido o garoto C. já havia passado por psicólogo por esse motivo, ele tinha facilidades com computadores e fazia dessa "caixa" o seu  mundo paralelo, ficando até o amanhecer "navegando" nesse mundo virtual, souberam que o rapaz tinha  muitos amigos nesse mundo de terceira dimensão proporcionado por um site e isso terminou se agravando pois surgiu um "namoro" com um avatar feminino.
O Caso piorou quando esse avatar feminino foi acometido de ciúme do avatar do rapaz, porque ele começou a conversar com outros personagens; o avatar feminino terminou o "namoro" com o personagem do adolescente e disse que iria se suicidar.
O rapaz tomou como exemplo e se enforcou no quarto, os pais não sabem dizer quem estava do outro lado, mas esse caso inusitado serve com mais um exemplo do que os nossos jovens e crianças estão expostos.
Esse caso inusitado parece até uma inverdade, mas essas coisas podem acontecer em qualquer família, o importante é que os pais possam estar sempre vigilantes, pois o portal virtual é está aberto para inúmeras possibilidades positivas e negativas.


Marcelo de Oliveira Souza
Salvador Bahia Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário