Seguidores

sexta-feira, 13 de julho de 2018

Zezinho Quebra-Gelo





Zezinho Quebra-gelo 



Muitas histórias bonitas existem entre homens e seus animaizinhos de estimação, cada um escolhe o seu tipo, como sou um morador de apartamento consciente, pensei em ter um que não incomodasse a vizinhança, que não fizesse barulho... 
Escolhi um peixinho ornamental, daqueles bem brabos, com cauda curta, são os mais resistentes; mas o que um peixe poderia acrescentar de história em um conto? 
Aí que você se engana, o nosso amigo da espécie zebrinha, começou com suas proezas, dentro do “mundo aquático” de quase um metro, entrava pela porta do farol e a saía pela janela, fazendo piruetas, era um verdadeiro “quebra-gelo”, pois as pessoas quando chegavam - principalmente os que nos visitam pela primeira vez - começam logo perguntando sobre criação de peixes ornamentais. 
Mas não é nada fácil, conseguir a façanha de ter um peixe como mascote, esse foi o que mais demorou, lutou contra doenças, falta de luz; “vizinhança incomodativa” - outros peixes, caramujos, lagostas - a qual ele aniquilava-os sem perguntas, pois gostava de viver sozinho no bioma. 
O tempo foi passando, o nosso amiguinho se fortalecia a cada vicissitude, o aquário de “mundo” virou no máximo um apartamento do tipo “kit net”, a “zebrinha” virou “zebrão”, todos admiravam o nosso amigo Quebra-gelo, muitos diziam que ele ficaria melhor numa frigideira, com cebolas e azeitonas, veja que maldade! 
Mas as coisas foram ficando mais difíceis para nós e para ele, pois o bicho não admitia mais viver naquele “mundinho” quebrava tudo, em sua “organização”, passava a noite todinha mudando as pedras do aquário, aquele farol que adorava tanto, tinha se transformado em um brinquedo, jogava-o para um lado e para o outro., quebrava bombas, termômetro e tudo mais que pudesse. 
Diante dessa dificuldade toda, não conseguimos desfrutar mais da sua companhia, resolvemos colocá-lo num saco e devolvemos o bichinho à natureza, lá no Dique do Tororó, inclinamos o recipiente e ele vagarosamente saiu, deu uma olhadinha para o seu bem-feitor e saiu, deixando um vazio, principalmente no aquário, as noites não serão mais as mesmas, não teremos mais barulho de pedrinhas rolando e Zezinho agora não quebrará mais “gelos”, o que ele quebrará agora será a sua dieta com um rico banquete de peixinhos selvagens, que realmente lamentarão a sua soltura. 


Marcelo de Oliveira Souza,IwA
Dr. Honoris Causa em Literatura

sexta-feira, 6 de julho de 2018

Esperando o outro Dia!




Esperando outro dia!


Repousada na cama cheia de energia
Recém saída do ventre, com alegria
Aquele choro, combinado
É tudo no mundo iluminado!

A criança certamente cresceria
Cheia de luz e vigor
A palavra certa
É exportar amor.

Na paz e tranquilidade do lar
A criança desenvolve...
O sentido verdadeiro de amar
Na sua rotineira jornada.

A adolescência, tarde irradia
Obtendo tudo que precisaria...
Pais atenciosos, harmonia
A mente é um mundo, guria!

Num lindo crepúsculo
Adulta, sua filha cria
Tudo que ela sentia
Se repetia, nostalgia...

Nesse final de jornada
Noite, tarde, dia
Onde nossa missão,
Sempre se cumpria.


Vem tudo na minha mente
Hoje não posso ficar descrente...
Porque depois da noite
Com certeza vem outro dia!

🤔Marcelo de Oliveira Souza, IwA
🤔Dr. Honoris Causa em Literatura
🤔 Do blog http://marceloescritor2.blogspot.com

segunda-feira, 2 de julho de 2018

VI Prêmio Literário Escritor Marcelo de Oliveira Souza,IwA



VI Prêmio Literário Escritor Marcelo de Oliveira Souza, IWA

(inscrições de 01 de julho 2018 até a cota do livro estiver preenchida - 80 autores)









Realização dos sites: www.poesiassemfronteiras.no.comunidades.net; http://marceloescritor2.blogspot.com e faceboook.com/psfronteiras

Apoio: Academia Cabista de Letras, Artes e Ciências /RJ; Academia de Letras de Teófilo Otoni /MG; Academia de Letras do Brasil Sul e Baixo Sul da BA; Academia de Letras do Brasil/ Mato Grosso do Sul; Escbrás e FEBACLA.



Com o objetivo de estimular escritores de todo o Brasil e de outros países, o concurso premia os melhores trabalhos, comprovando o sucesso com sua 6a edição.

Em parceria com o Celeiro dos Escritores, TODOS os trabalhos participantes do evento estarão publicados na Antologia; e todos os autores receberão um exemplar da obra, na residência, sem nenhum ônus além da taxa de inscrição ( Livro via Correios, registrado).

Nesse Prêmio aceitaremos todas as expressões artísticas literárias: Contos, poesias, crônicas, haicais, etc. Desde que: O poema tenha até 35 versos e a crônica, conto ou outra expressão não passe de 1500 caracteres com espaços (por página).

Taxa de inscrição: R$ 50,00 que corresponde a 01 exemplar da Antologia.

(A ser paga através de boleto bancário, que será enviado ao autor inscrito, pelo Celeiro.)

Atenção:

a) Autores de Fora do País: 35 dólares ou euros.

b) Menores de idade: Só a partir dos 16 anos completos.

c) É permitido participar com mais textos, observando: Um texto para cada inscrição.



Exemplo: 01 inscrição - R$ 50,00 = 01 exemplar da Antologia.

02 inscrições - R$ 100,00 = 02 exemplares da Antologia e assim sucessivamente.



Dúvidas: entrar em contato com: Marcelo Souza – cel/whatsapp : 71-92510196 e-mail : marceloosouzasom@hotmail.com.

O RESULTADO dos vencedores será divulgado no site oficial do concurso: www.poesiassemfronteiras.no.comunidades.net; http://marceloescritor2.blogspot.com;faceboook.com/psfronteiras, por e-mail.



Premiação:

1°lugar: Troféu Personalizado + Camisa preta, com estampa do Pelourinho FEM Tam M + Certificado + poesia publicada em destaque na Antologia e no site oficial do concurso + Livro Mundo Poético

2° lugar: Certificado + Livro Aracaju Pitoresco + poesia publicada em destaque na Antologia e no site oficial do concurso + Chaveiro do OLODUM

3° lugar: Certificado + Revista Literária Artpoesia + poesia publicada em destaque na Antologia e no site oficial do concurso.

* Menção Honrosa Internacional: Daremos uma menção ao melhor autor estrangeiro que não esteja entre os três primeiros lugares: Certificado + Livro Mundo Poético + Miniquadro 2,5 X 19,0 cm pintado com o Tema: PELOURINHO + poesia em destaque na Antologia e no site oficial do concurso – caso não tenha autor estrangeiro o prêmio se extinguirá automaticamente.



Obs: O Livro Aracaju Pitoresco e Lendário é do autor Murillo Melins ; O Livro Mundo Poético é artesanal, do autor Marcelo de Oliveira Souza,IwA



Marcelo de Oliveira Souza,IwA



Dr. Honoris Causa em Literatura

Organizador e patrono do evento



Inscrições somente através do site: http://celeirodeescritores.org/inscricao.asp

Opção: Prêmio Escritor Marcelo

sexta-feira, 29 de junho de 2018

A Copa do Mundo é Nossa!





A Copa do Mundo é Nossa!




Essa época é inigualável para muitos brasileiros, as pessoas como sempre estão desestimuladas diante de  tantos problemas que assolam a nossa Pátria, mas depois começam a pipocar os fogos comemorando paulatinamente  cada vitória da seleção.
É muito subjetiva a ideia de torcer, pois muitas pessoas falam que o futebol é o “ópio do povo”, outras  falam que a seleção é  patrimônio cultural, gerando mais polêmica, porque enquanto a Brasil dos sonhos, está dando certo lá na Rússia, o patriotismo aflora, a nossa bandeira e Hino Nacional, “passeiam” no coração dos brasileiros.
Debates sem fundamento são feitos na televisão, passam-se muito tempo se perguntando se Neymar chorou ou não; se a seleção está jogando bem ou não está, contudo a vida continua nas penumbras da Copa do Mundo, pessoas continuam a sofrer por todos os tipos de desserviços dos nossos governantes, para não nos adiantar em outro adjetivo.
A nossa sociedade tem em seus berços o futebol, apesar do pouco investimento, sempre conseguimos ser um grande exportador de jogadores, que estão saindo cada vez mais cedo e nesse quadro, cada vez mais adolescentes admiram jogadores onde alguns não estão atentos para o fato de  que eles são verdadeiras “personalidades” para muita gente, “deuses” do Olimpo, de carne e osso, ao passo que são exigidos e cobrados; não têm estrutura para aguentar essa cobrança, sendo muitas vezes constrangedor assistir uma partida de futebol, onde o xingamento é uma máxima dessas “personalidades”...
Nesse mundo globalizado, vemos países ricos caírem, com boa estrutura na saúde, educação e todos os serviços; também vemos países  quase  miseráveis ganhando para os ricos, mostrando que não é simplesmente uma partida de futebol, é muitas vezes uma berlinda onde a autoestima  de um povo gira pelo gramado,  junto com milhões de pessoas acompanhando o destino de muita gente e de muito investimento feito para que tudo isso aconteça, onde sonhos são realizados e desfeitos em questões de segundos.
Da mesma forma muitos dos nossos gestores podem estar  mandando gente para lá, assistir a Copa, com o nosso dinheiro,   pois aqui no tapete da administração, o “jogo” da corrupção continua rodando, com Copa o sem  Copa, esperando pois, mais quatro anos para começarmos a sonhar tudo de novo.




Marcelo de Oliveira Souza,IwA
Dr. Honoris Causa em Literatura

quinta-feira, 21 de junho de 2018

Irreverência?




Irreverência?




Para quem  tem o privilégio  de conhecer o mundo saindo do nosso  do país, é muito bom para que possamos angariar  conhecimento e percebermos que  o nosso planeta é muito lindo e variado,  muito mais do que imaginamos.
Mesmo que   alguns   não sejam  um primor  de educação,  lá fora temos obrigação  de  dar o exemplo, visto que muitos dos brasileiros são olhados de canto  de olho e tem gente que não entende o motivo, até percebermos que tem compatriotas  que vão para fora do Brasil  se comportar pior do que em casa.
Por sermos privilegiados de poder fazer viagens para o exterior, temos que redobrar a atenção, porque   somos pequenos embaixadores da nossa terra.
A  Copa do Mundo de Futebol é uma grande oportunidade de mostrarmos nossa alegria e civilidade, contudo quando um grupinho de brasileiros, coloca numa rede social, brincadeiras desagradáveis, de extremo mau gosto,  no país deles,   a repercussão é extremamente negativa, nossa gente fica mal vista, com toda razão,  se eles fazem isso com os estrangeiros na terra deles, imaginem o que fazem aqui no Brasil.
Já presenciamos casos vergonhosos desse tipo com pessoas do interior da nossa nação  e também de fora do país, onde a irreverência  se destoa a humilhação alheia.
Apareceram na mídia   alguns vídeos desagradáveis sobre esse tipo de comportamento de alguns brasileiros, que certamente não é a imagem que desejamos mostrar para fora da nossa nação.
Muitos constrangidos, como esse que vos escreve, reprovam veementemente tal  atitude,  que não cabe em lugar algum, principalmente nessa época onde temos que prestar muita atenção no que iremos postar em quaisquer lugar, pois o verdadeiro poder é o poder da conciliação, do respeito e amizade entre os todos os povos.



Marcelo de Oliveira Souza,IwA

sexta-feira, 15 de junho de 2018

O Caminho da Elevação





O Caminho da Elevação 




No caminho até a perfeição 
Tem muita expiação 
Conflitos, guerras, luta desenfreada, 
A cruz parece grande... 
Tem hora que dá uma fraquejada, 
Infortúnios na nossa jornada 
Paz, amor e tranquilidade... 
Pode vir sim, acompanhada! 
Nossos desafetos, virão 
Como também afetos... 

Nossos colegas, testarão 
Nossos filhos, ajudarão 
Nossos pais irão, 
Nossos amores ficarão 
Tudo aos poucos, 
Ou num grande turbilhão, 
Às vezes não temos a menor noção, 
Que todos os caminhos 
É a grande provação! 
Pedregulhos, recolheremos com a mão, 
E depois de uma grande jornada, 
Com toda graça alcançada, 
Um dia alcançaremos a elevação! 



Marcelo de Oliveira Souza,IwA 

sexta-feira, 8 de junho de 2018

Escritor Carioca Radicado na Bahia entra na FEBACLA



Escritor Carioca Radicado na Bahia entra na FEBACLA


O Escritor Carioca Radicado na Bahia, Marcelo de Oliveira Souza,IWA; Dr. Honjoris Causa em Literatura ; organizador do concurso literário Poesias sem Fronteiras e do Prêmio Literário Escritor Marcelo de Oliveira Souza, iwa; autor dos livros A Sala de Aula; Conto e Reconto; Confissões Poéticas;  Sobrevivendo e Mundo Poético, tem o prazer de comunicar que Acabou de entrar na Federação Brasiliera dos Acadêmicos das Ciências, Letras e Artes , RJ, como membro correspondente.
O laureado agradece ao  príncipe da Casa Real e Imperial dos Godos de Oriente,  Dom Alexandre Cemêlo Rurikovick Carvalho, presidente da entidade e ao secretário Geral Dom Oséas da Silva Costa bem como  a todos e todas que acompanham o seu  trabalho, onde o apoio e a energia de vocês os levam a alcançar degraus mais altos a cada dia.




Marcelo de Oliveira Souza,IwA
Dr. Honoris Causa em Literatura