Seguidores

sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

Imaculada Conceição



Imaculada Conceição


Mãe Maria, de nome  Conceição
Esta é a data de alegria
E seguida devoção
Comemoramos em liturgia,
Da praia, o amor irradia...
Força e fé com devoção.

Todos em festa
Lembrando-se da santa com gratidão
Mãe de Jesus iluminado
Que sempre esteve ao seu lado
Durante a sua aflição
Não nos deixa na hora mais difícil
É o poder da nossa oração!

Os fieis  cantam louvores
Na alegria da aclamação.
Mulher santificada...
És pura,  és amada,
Da praia estoura a alvorada,
Vemos no horizonte seu manto
Coisa mais linda, um encanto!
O povo emocionado cai no pranto
Renovando a fé  com emoção
É quando damos vivas!
Com um foguetório simplório
De um  amor simples
Mas é tudo na vida da população.





Marcelo de Oliveira Souza,iwa

sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

A Nossa Diarista



A nossa diarista!


Hoje em dia é muito difícil encontrar prestadores de serviços de confiança, independentemente do setor, quando a gente sai do nosso círculo de confiança, o sofrimento é muito grande, não maior do que a desconfiança.
Assim quando procuramos uma diarista, começando aquela dificuldade de ter uma pessoa de confiança entre nós, mas quem escolher?
Após um triste acidente com a nossa vizinha, culminando em sua morte, a gente ficou de olho na diarista dela, que é uma pessoa de confiança.
Fizemos o convite e Dona Janete, estava entre nós, três vezes por semana, onde a mesma já chegou muito falante, como a gente é bem comunicativo, parece que deu certo.
Não teve esse negócio de timidez, o papo já rolava solto, onde a gente tinha que sair correndo se não o trabalho meu e dela ficavam para trás.
O interessante é que onde ela passa as coisas não ficam mais no lugar, na sua arrumação a gente que é o estranho, pois tudo fica em lugar diferente.
Numa de sua história ela disse que não faz faxina para policial, pois morre de medo de tomar carona com ele.
- Se acontecer dos bandidos o identificarem?
Cada casa é um caso novo para ela, como  numa residência onde tinha um papagaio que não tomava água – eu nunca vi isso – ela com pena deu água ao penoso e o bicho sucumbiu ao precioso líquido.
O seu esquecimento é a sua marca, onde ela troca tudo, até panetone já foi pro lixo, na confusão dela com dois sacos, de lixo e o da guloseima.
Quando a filha dela foi ver toda animada o presente do patrão, era um saco de lixo, levando a menina aos prantos, contudo teve badameiro que adorou!
Já foram  para o lixo nessas confusões: chave, celular, sombrinha e agora aquele “bicho” caro da loja especializada em chocolates...
Nessa confusão, chave é brinquedo de perder - não vai só para o lixo - fica em tudo quanto é lugar, mas felizmente a nossa ainda não sucumbiu  ao seu esquecimento.
Celular para ela tinha que ter  seguro, quando não perde, é roubada ou então cai no chão, tem que ser daquele bem resistente e barato, se não é prejuízo certo.
Tem um agora que pegou um vírus, que ela não consegue tirar, quando chega de madrugada, ele sempre grita: “-Mamãe, atende o telefone mamãe!” assustando todo mundo, que ao tocar aqui em casa, já virou piada.
Entre as sua histórias  de diarista, aprendemos a gostar a cada dia mais dela e dessa vez não vai ter saco trocado, vamos comprar o panetone sonhado daquela loja chique mesmo!
A nossa diarista é esquecida, mas dos compromissos conosco jamais se esqueceu, pelo contrário, sempre lembra de dar uma atenção a todos aqui em casa, merecendo o nosso respeito e admiração que nunca iremos esquecer.



Marcelo de Oliveira Souza,iwa 

sexta-feira, 24 de novembro de 2017

Resultado do V Prêmio Literário Escritor Marcelo de Oliveira Souza,iwa



Resultado do  V Prêmio Literário Escritor Marcelo de Oliveira Souza,iwa


É com imenso prazer que  comunicamos o resultado do nosso Prêmio, teve escritores de praticamente todas as regiões de nosso imenso Brasil, também tivemos  um autor dos  Estados Unidos, que sempre participa, abrilhantando ainda mais nosso evento.
Como sempre, é muito difícil escolher entre tantos textos maravilhosos, mas temos que ter uma imparcialidade, seguindo adiante.

Quem   põe sua obra na vitrine é sempre um vencedor!

Agradecemos ao Clube dos Escritores Piracicaba, SP; à Academia de Letras de Teófilo Otoni, MG; à academia Cabista de Letras, Artes e Ciências, RJ; À Sociedade Ibero-americana de escritores, Espanha;  Academia de Letras e Artes do Ceará, CE .e por sua vez à Academia de Letras do Brasil/MS
Os Vencedores  são:

Primeiro lugar
Érika Lourenço Jurandy  do Rio de Janeiro RJ

Segundo lugar
Gedalva Neres da Paz de Salvador BA


Terceiro Lugar
Maria do Socorro Cavalcanti de Fortaleza CE


Menção Honrosa
Carla Torrini do Rio de Janeiro RJ


·         Participamos  também  de uma Academia Literária muito influente chamada Academia de Letras de Teófilo Otoni,MG;  não paga anuidade, apenas a chancela de entrada para a documentação, quem tiver interesse é só retornar a mensagem com nome completo, cidade e  e-mail, que indicaremos a sua entrada.
·         Temos um grupo de amigos e escritores, com mais de cem pessoas, para divulgar nossos trabalhos, quem quiser participar, retorne a mensagem com seu n° do whats ap nome e cidade que representa.
·         No final desse mês a editora começará a enviar a Antologia, a premiação já foi enviada aos vencedores, que pedimos que ao chegar tire uma foto segurando a mesma  para divulgação na mídia, os outros que desejarem enviar a uma foto com o livro  também divulgaremos.


Abraços a todos e todas e quem desejar participar dos nossos próximos eventos é só enviar uma mensagem para marceloosouzasom@hotmail.com


Marcelo de Oliveira Souza,iwa
Escritor, organizador e patrono do evento.

sexta-feira, 17 de novembro de 2017

UFO

UFO 





Lá de cima 

Vejo uma luz 

Encima da neblina 

Com um facho que ilumina 

De forma discoidal. 



Uma coisa que não é normal 

Não é avião, Helicóptero. 

Voa até em espiral 

É algo intrigante e sensacional. 



Se eu for falar 

Ninguém acredita 

Mas a verdade existe 

Pairando lá fora persiste 

Num movimento 

Que não  é  usual. 



O povo sai correndo 

De dentro do canavial 

Onde todos comentam assustados 

Na verdade surreal. 

A sua marca fica no solo 

Num desenho colossal 



Uns dizem que é mensagem 

Outros dizem que é sinal 

A curiosidade arde 

Com o evento descomunal 

Mas no outro dia ... 

Todos fingem esquecer 

Com medo do que possa acontecer 

Com essa história de UFO 

Ser na vida real. 





Marcelo de Oliveira Souza,iwa 

 

sexta-feira, 10 de novembro de 2017

A Hora do Protesto



A Hora do Protesto





Nesse dia de protesto contra os desmandos dos nossos governantes pelas   mudanças na previdência e nas leis trabalhistas, não poderíamos deixar de falar sobre esses assunto tão importante, onde mais uma vez os brasileiros têm que arcar com as contas dos inúmeros “desmandos” financeiros dos nossos gestores.
As  pessoas com certeza estão nas ruas protestando, gritando de diversas formas, mas os nossos algozes já estão acostumados e com a cara lavada com tanto banho de protesto,  é capaz ainda de estarem se divertindo com tanta encenação, eles já não ligam com esses atos, isso já é coisa do passado, pois o mundo mudou e temos que raciocinar como seriam esses protestos, porque  nesse “nosso” Brasil nada dessa forma vai adiante, greve não vai mais adiante, principalmente na nossa conjuntura atual de perdas de direitos.
Ainda o que segura esse “povo” é realmente o poder do voto, onde a gente mesmo,  vota mal, escolhe os péssimos gestores, que fazem as suas ricas propagandas um verdadeiro palco de paixões, mostrando  inúmeros projetos de onde o país dá certo, contudo vai dando cada vez mais errado.
Teríamos  que usar a nossa obrigação de votar a nosso favor, pois o voto é a verdadeira arma para aniquilar os “incompetentes” do poder,  mas essa “arma” somente vai para quem realmente tem uma consciência política, pois se fosse num país de verdade jamais votaríamos em candidato corrupto, bandido com a folha podre, mas quando chega a hora do voto, as pessoas esquecem o que determinados políticos fizeram e assim a nossa História continua com muita corrupção e muito sofrimento, porque pior do que esses péssimos políticos é quem vende nosso país por um saco de cimento ou algo até menor, isso dificulta que o Brasil siga rumo ao futuro, cujas pessoas estão cada vez mais cerceadas de tudo.
Quando  pararmos para refletir sobre o que é um protesto, sobre como fazer greve de verdade, as coisas iriam mudar;  vamos fazer greve sim, boicotando esse povo na hora da eleição, vamos fazer greve de verdade ausentando-nos  das maiores festividades, sem compras no Natal, Carnaval, sem bebidas alcoólicas...
Aí sim  teríamos uma greve de verdade, sem violência, mas com muito barulho, entretanto  como isso não irá acontecer, vamos ficar eternamente gritando, esperneando e perdendo tempo defendendo ou acusando políticos que não ligam, nem ligarão para  jamais para  nenhum de nós.

Marcelo de Oliveira Souza,iwa

quinta-feira, 2 de novembro de 2017

Finados III







Finados III 



De mortos acabados 
A Corpos enterrados... 
Com choros desesperados 
Vieram os obsidiados 
E os azulados... 
Numa evolução 
Os mistérios, desvendados 
A roupa costurada 
Largou a alma atordoada 
Tudo modificado, 
A venda foi tirada! 
A energia renovada 
Mais um passo alcançado 
Na expiação designada 
Saindo feliz... 
Com a missão concretizada 
Esperando uma nova visita 
Instaurada. 
Não descansamos mais 
Nem voltamos atrás 
Trabalhamos mais, 
E temos a alma novamente 
Libertada! 



Marcelo de Oliveira souza,iwa

sexta-feira, 27 de outubro de 2017

Escritor Carioca Radicado na Bahia entra na Academia de Letras do Brasil/MS




Escritor Carioca Radicado na Bahia entra na Academia de Letras do Brasil/MS 


O Escritor Carioca Radicado na Bahia, Marcelo de Oliveira Souza,IWA; organizador do concurso literário Poesias sem Fronteiras e do Prêmio Literário Escritor Marcelo de Oliveira Souza, iwa; autor dos livros A Sala de Aula; Conto e Reconto; Confissões Poéticas; Sobrevivendo; tem o prazer de comunicar a sua entrada em mais uma academia, onde dessa vez teve a honra de figurar na Academia de Letras do Brasil, seccional de Mato Grosso do Sul, presidida atualmente pelo competente escritor e editor Rogério Fernandes Leme. 
Onde faz a questão de externar o seu agradecimento pela honraria ao sr. presidente e a todos que acompanham a sua trajetória. 

Marcelo de Oliveira Souza,iwa