Seguidores

sexta-feira, 29 de setembro de 2017

Mariana!





Mariana 

A água represada 
Um dia pronta 
Bem tratada 
Esperando ser usada. 

Um rompimento 
Com muito sofrimento 
O minério do falecimento 
Eclode em Mariana. 

A menina sofrida 
Toma mais um susto 
Tudo fica revirado 
A lama é um atentado. 

Vai destruindo o mundo 
Todo tipo de vida 
Vira sombra e dor 
Mariana sofre 
E passa para frente. 

O caminho maldito 
Onde a lama passa 
Tudo é destruído 
O povo reclama 
A água se esvai. 


Só fica a tristeza 
De quem perdeu tudo 
E a esperança do absurdo 
De um dia ser reparado. 


Sobre o rompimento da represa minera em Mariana,MG Brasil, que nessa semana  completa dois tristes anos.

sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Nibiru



NIbiru

Como sabemos, nosso sistema solar tem  uma infinidade de planetas que orbitam ao redor do sol, todos numa trajetória anti-horária, sendo que o nosso  tem 365 dias e uns quebrados para completar a trajetória.
Recentemente tivemos a oportunidade de saber sobre  um planeta chamado Nibiru, ou Planeta X,  que  tem dez vezes a massa da Terra, onde foi estipulada  a trajetória ao redor do nosso sol demorando  milênios para concluí-la, chega-se a falar que já foi visto a olho nu,  em alguns países, mas segmentos do governo americano - que detém a maior informação - não revela para as pessoas com medo de que possa causar pânico na sociedade mundial, como existem mais segredos desse tipo do que possamos imaginar, essa hipótese tem que ser levada bem a sério.
Quando esse corpo celeste se aproximar, acontecerá uma infinidade de desastres naturais como terremotos, furacões, pois o magnetismo do nosso planeta será seriamente afetado, sem falar que se esse "intruso” se aproximar demais da Terra, temos a possibilidade de que haja problemas muito piores, como a nossa destruição.
Se observarmos atentamente,  tudo isso descrito  vem acontecendo, até aqui no Brasil – no Paraná – teve terremoto de mais de sete pontos na escala Richter, onde se quisermos nos aprofundar no assunto, existe um vasto acervo sobre esse tal planeta e sua trajetória, que muitos falam que chegará ao seu ponto mais próximo com a Terra no dia 23 de setembro, mas como esses cálculos astronômicos tem uma margem de erro muito grande não sabemos ao certo o dia.
Não estamos propalando essa informação para que as pessoas possam se desesperar, mas o conhecimento dos fatos e da verdade sempre é bom, pois se tiver de acontecer alguma coisa mais séria, somente os poderosos conseguirão ter o seu passaporte para a salvação e nós, vamos assistir tudo de camarote, até a cena final.


Marcelo de Oliveira Souza,iwa

sexta-feira, 15 de setembro de 2017

Dor de Onze de Setembro




Dor de Onze de Setembro 


Lá de cima, no céu vem aquele imenso clarão 
Acompanhado de um grande trovão 
Colocando em desespero a população, 
O povo correndo em comoção 
Gritos de horror, salvem a multidão! 
Tá tudo caindo, o mundo se destruindo 
Terremoto se esvaindo 
A torre se diluindo... 
Aquele arranha céu lindo ! 
Agredido por monstros alados. 
O fio dos desesperados 
Pobres coitados ! 
Dentro dos dois paus gigantes viraram nada ! 
Esse nada que hoje é tudo 
Que sobrou do fim do mundo... 
A torre de babel bendita 
Caiu na armadilha maldita, 
Deixando como herança setembrina 
Mais um exemplo que alucina... 
A dor cravada no peito 
Não cessou direito 
E todo ano tem o mesmo efeito 
De quem morre, sofre e carrega para sempre 
A dor do luto no peito... 






  • Homenagem Às vitimas do Onze de Setembro
  • Do livro Confissões Poéticas


Marcelo de Oliveira Souza,IWA -  Salvador - BA - Brasil
Escritor e  Organizador do Conc Lit Poesias sem Fronteiras
Instagram: marceloescritor

domingo, 10 de setembro de 2017

V Prêmio Literário Escritor Marcelo de Oliveira Souza




V Prêmio Literário Escritor Marcelo de Oliveira Souza,IWA
(inscrições de 11 de setembro 2017 até a cota do livro estiver preenchida - 80 autores)


 

Realização dos sites:
www.poesiassemfronteiras.no.comunidades.net; http://marceloescritor2.blogspot.com e faceboook.com/psfronteiras
Apoio: Academia Cabista de Letras, Artes e Ciências /RJ; Academia de Letras de Teófilo Otoni /MG; Clube dos Escritores Piracicaba SP; Sociedade Ibero Americana de Escritores: Academia de Letras e Artes do Ceará
Com o objetivo de estimular escritores de todo o Brasil e de outros países, o concurso premia os melhores trabalhos, comprovando o sucesso com sua 4a edição.
Em parceria com o Celeiro dos Escritores, TODOS os trabalhos participantes do evento estarão publicados na Antologia; e todos os autores receberão um exemplar da obra, na residência, sem nenhum ônus além da taxa de inscrição ( Livro via Correios, registrado).
Nesse Prêmio aceitaremos todas as expressões artísticas literárias: Contos, poesias, crônicas, haicais, etc. Desde que: O poema tenha até 35 versos e a crônica, conto ou outra expressão não passe de 1500 caracteres.
Taxa de inscrição: R$ 48,00 que corresponde a 01 exemplar da Antologia.
(A ser paga através de boleto bancário, que será enviado ao autor inscrito, pelo Celeiro.)
Atenção:
a) Autores de Fora do País: 35 dólares ou euros.
b) Menores de idade: Só a partir dos 16 anos completos.
c) É permitido participar com mais textos, observando: Um texto para cada inscrição.

Exemplo: 01 inscrição - R$ 48,00 = 01 exemplar da Antologia.
02 inscrições - R$ 96,00 = 02 exemplares da Antologia e assim sucessivamente.

Dúvidas: entrar em contato com: Marcelo Souza – cel/whatsapp : 71-92510196 e-mail : marceloosouzasom@hotmail.com.
O RESULTADO dos vencedores será divulgado no site oficial do concurso:
www.poesiassemfronteiras.no.comunidades.net; http://marceloescritor2.blogspot.com;faceboook.com/psfronteiras, por e-mail.

Premiação:
1°lugar: Troféu Personalizado + Camisa Oficial do Olodum Tam G+ Certificado + poesia publicada em destaque na Antologia e no site oficial do concurso
2° lugar: Certificado + Livro Poemas do Brasil + poesia publicada em destaque na Antologia e no site oficial do concurso.
3° lugar: Certificado + Revista da Academia Brasileira de Estudos e Pesquisas Literárias + poesia publicada em destaque na Antologia e no site oficial do concurso.
*
Menção Honrosa Internacional: Daremos uma menção ao melhor autor estrangeiro que não esteja entre os três primeiros lugares: Certificado + Livro Poemas do Brasil  + Brinde Lembrança de Salvador + poesia em destaque na Antologia e no site oficial do concurso – caso não tenha autor estrangeiro o prêmio se extinguirá automaticamente.

Marcelo de Oliveira Souza,IWA
Organizador e patrono do evento
Obs: O livro Poemas do Brasil é uma Antologia de autores brasileiros formado a partir de um grupo no Watssapp ;

Inscrições somente através do site:
http://celeirodeescritores.org/inscricao.asp 
Opção : Prêmio Escritor Marcelo 


quinta-feira, 7 de setembro de 2017

Sonho de Sete de Setembro


Glorifiquemos a Independência 
com orgulho e satisfação 
Um País gigante, de influência 
Formador de opinião. 

Políticos de sapiência 
Que ama o povo e a educação 
Exaltando nossa bandeira 
Símbolo da Nação! 

A virtude da igualdade 
Em cada segmento 
A saúde com récorde de desenvolvimento 
Curando a ferida aberta sem sofrimento. 

Respeito mutuo e contentamento 
Uma grande virada 
no nível de vida 
Bloqueiando os ressentimentos. 

O Brasil que é campeão 
Não só no futebol 
Que era homenageado e gritado 
Por desempregados e desdentados. 

Celeiro do mundo 
Exportador de Tecnologia 
O Brasil potente 
Cheio de alegria. 

Acorde ! é só hoje que podemos sonhar 
Amanhã tudo permanece igual! 




Marcelo de Oliveira Souza,iwa

sexta-feira, 1 de setembro de 2017

Nau dos Desesperados!


Nau dos desesperados



A nossa cidade de Salvador é praticamente uma ilha, somos uma região costeira, mas nem por isso temos a oportunidade de desfrutar essa  benesse  presenteada por Deus, o pouco serviço marítimo oferecido à  população,  é verdadeiramente precário.
Sendo uma metrópole turística, teríamos que investir muito mais no nosso dom natural, mas o que vemos são lanchas, navios e tudo que flutua -  não podemos chamar de barcos – sucateados.
Os Ferrryes são embarcações antigas que quebram rotineiramente, os usuários são tratados com descaso, pagam caro por um serviço essencial, por isso eles aproveitam para usurpar a dignidade dos passageiros, pegando enormes filas da agonia, tanto no Terminal  Marítimo de Salvador como no de Bom Despacho, onde a Ilha do Desespero – Itaparica – poderia ser um balneário turístico, contudo o que encontramos é outro descaso.
Os nossos governantes propagandeiam obras tamanho G, mas  esquecem a segurança e o zelo pelas preciosidades ao seu redor.
Nessa briga de prefeito e governo, a gente sai como sempre perdendo, onde na semana passada eclodiu a podridão náutica, que flutua pela Baía de todos os Santos, virando uma embarcação num arrecife, numa manobra infeliz, virando com 133 pessoas a apenas duzentos metros da praia, mesmo assim morreram 23 pessoas, é algo inconcebível para a nossa região, onde desastres desse quilate nunca aconteceram, mas muitos incidentes náuticos rotineiramente acontecem com embarcações de passageiros de todos os tipos, ficando à deriva na nossa baía, só que é abafado, até por falta de combustível tem embarcação ficando à deriva.
Esse caso muito sério precisa ser olhado com atenção pelos órgãos responsáveis, onde fatalidades desse tipo têm que ter uma punição rigorosa, porque não é apenas nessa travessia, tampouco nos  Ferryes esse tipo de desleixo, é em toda a Bahia, fato que tem sido sempre denunciado pelos seus usuários, mas a denuncia deles, é muito pouco diante do que acontece, se formos computar realmente, teríamos um numero assustador.
Deixamos nosso apoio a todos que perderam seus entes na tragédia do Cavalo Marinho, pois não é fácil perdermos pessoas dessa forma, que essa triste mensagem tenha sido um aprendizado a todos,  para exigirem  seus direitos de serem tratados não apenas como consumidores, mas como seres humanos que precisam de respeito.



Marcelo de Oliveira Souza.iwa








Marcelo de Oliveira Souza,IWA -  Salvador - BA - Brasil
Escritor e  Organizador do Conc Lit Poesias sem Fronteiras
Instagram: marceloescritor