Seguidores

domingo, 10 de julho de 2011

Acidente de Trânsito

Contador de visitas

ACIDENTE


A quantidade de carros vem aumentando cada vez mais nas grandes cidades, as pessoas não se preparam como deviam, estão dirigindo cada vez mais novas, apesar da grande exigência ao tirar a primeira habilitação.
Eles exigem tanto, fazem uma bateria de exames tão grande, testes psicológicos que a pessoa sai uma verdadeira pilha de nervos.
Fazem tudo para dificultar, apesar disso tudo é muito estranho que pessoas desqualificadas, com problemas de alcoolismo, de coração e outros até piores, saiam balançando a sua habilitação aos quatro cantos, fazendo mil cabeçadas pelas ruas das cidades, ainda com o encurtamento das ruas, diminuição dos passeios e mais a desatenção do pedestre, o nosso trânsito soteropolitano fica um horror.
Nas estradas a problemática se acentua, pois com aquela velocidade que o carro vai,  só Deus sabe aonde vai parar, se um infeliz estiver por perto, vai terminar dando lembrança aos falecidos antes da hora, tem carros que não agüentam o rojão, terminam atravessando o canteiro central da BR 324 e colidem de frente com o desavisado motorista que não tem nada a ver com o caso.
Essa semana em São Paulo, uma jovem estudante atravessou um cruzamento tarde da noite, o sinal estava fechado para ela, com medo dos assaltos, ela saiu na aventura, um homem com um Porsche dirigindo a 160 km/h acertou o carro dela de lado, o veículo foi parar longe, a mulher morreu instantaneamente, fazendo enlutarem-se mais uma família, em mais uma guerra que o Brasil atravessa,  a guerra do trânsito.
Nessa problemática, também não adianta sair multando a todo lado, com máquinas que chupam o salário do trabalhador e não sabemos onde esse dinheiro todo vai parar, convém uma maior fiscalização e conscientização, senão ninguém sabe como vai ser  com todo essa aumento de carros e diminuição de espaço para dirigir e estacionar.

Marcelo de Oliveira Souza


Nenhum comentário:

Postar um comentário