Seguidores

quinta-feira, 26 de março de 2015

Aniversário de Salvador

Aniversário de Salvador


A cidade de Salvador completará mais um ano de existência, com muita comemoração em diversos cantos da cidade.
Como em toda megalópole, a nossa cidade sofre pelo inchaço urbano, as dificuldades são inúmeras, quem tem filho pequeno sabe do que está sendo colocado.
Os parques estão maltratados, a exemplo do falecido Parque Solar Boa vista, em Brotas, o lugar podia ser tão aprazível, incrustado no centro, é mais valorizado pelo fato das ruínas do Solar Boa Vista, ter sido moradia do grande escritor Castro Alves.
A prefeitura junto com o estado lançou um grande projeto de revitalização dos parques, mas esqueceram do priminho pobre de Brotas.
O grande desafio dessa velha cidade é o planejamento, crescida desordenadamente em meio a montanhas, as ladeiras e favelas convivem com a parte nobre da cidade.
As pessoas saem cada vez mais cedo de casa e chegam cada vez mais tarde, enfrentando o desfio diário que é a nossa soterópolis.
Nosso prefeito chegou cheio de gás e melhorou muito a cidade, mas temos muito a melhorar depois de administrações pífias.
O povo reclama todo dia da condução dos transportes, da loucura dos motoqueiros, que parecem não ter amor à vida, na pressa deles, os motoloucos costuram o trânsito, invadem a mão contrária; os motoristas de ônibus não deixam por menos, demoram a chegar, quando chegam do caos que é o nosso trânsito, muitas vezes não param no ponto marcado.
A nossa cidade está entre uma das mais violentas do mundo, as pessoas têm medo de sair de casa, não sabem se conseguem voltar...
Com toda essa celeuma, nos fazemos a seguinte pergunta: Vamos nos mudar?
É aí que lembramos que com todos esses problemas, a cidade é nossa, é onde nos sentimos fortalecidos, quando voltamos de viagem, conhecendo outras mais organizadas, pois é a NOSSA cidade e temos que reclamar mesmo e muito! Para que as coisas aos poucos possam melhorar e possamos nos orgulhar dela como antigamente, antes de alguns gestores.
Tudo tem jeito, só depende de cada um de nós, para que possamos exercer a nossa cidadania e sonhar em ver a nossa velha senhora figurar entres as melhores do Brasil, pois potencial tem para isso.



Marcelo de Oliveira Souza, IWA
Organizador do Concurso Literário POESIAS SEM FRONTEIRAS

Nenhum comentário:

Postar um comentário