Seguidores

sábado, 27 de dezembro de 2014

O Amigo Ladrão!


O amigo Ladrão

Essa brincadeira
Dá a maior confusão,
O presentinho cabe na palma da mão.
Tem o esperto e o bobalhão
Que vai correndo com a numeração
Atrás da compensação.
Todo mundo com a sua tranqueira
E uns poucos com a desejada premiação.

Tem   apalpos   e urros nessa mobilização
Ainda tem o teimoso que não larga a mão
Da  melhor escolha do rateio da reunião.

Dá de tudo nessa convenção
Até a dona da festa larga o pote de vidro
no chão.
O estouro causa comoção,
Os cacos são recolhidos
E o evento   continua com atração,
No   final   todos saem com sua “bandeira”
Com risos e gozação
Um presente pior que o outro
Mas muito amor no coração.


Marcelo de Oliveira Souza,IWA

Nenhum comentário:

Postar um comentário