Seguidores

sábado, 7 de junho de 2014

Poesias Sem Fronteiras ultrapassando fronteiras

Obra de Marise Andreatta é selecionada para livro de Antologia

Escrito por  Redação Douranews
Marise Andreatta tem publicações consagradas e vai participar de livro do Celeiro de EscritoresMarise Andreatta tem publicações consagradas e vai participar de livro do Celeiro de EscritoresFoto: Divulgação
A escritora Marise Andreatta, que lançou recentemente na sede da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) em Dourados o livro 'Túnica da Alma', terá dois poemas de sua autoria ("Águas vermelhas" e "Inclusão social") incluídos no livro de antologia poética "Poesias Sem Fronteiras", que será lançado no dia 15 de junho pelo Grupo Editorial Celeiro de Escritores.
Os escritores brasileiros e estrangeiros que terão poemas publicados no livro de Antologia foram escolhidos através do X Concurso Literário Poesias Sem Fronteiras, organizado por Marcelo de Oliveira Souza, Celeiro de Escritores, com apoio da Academia Cabista de Letras, Artes e Ciências /RJ, da Academia de Letras de Teófilo Otoni /MG, do Clube dos Escritores Piracicaba.
A escritora
A escritora Marise Andreatta (que também é advogada) é uma das gratas revelações do universo literário. Nasceu no Rio Grande do Sul, mas radicada em Dourados, iniciou a carreira como escritora com os livros "Porta aberta para o caminho de Deus", "Tende bom ânimo" e "Encontrei meu criador", de cunho teológico ( 2007). Mais tarde, encontrou na poesia e no ensaio literário uma forma de estimular a necessária reflexão sobre a necessidade de resgate da dignidade humana e sobre a barbárie que representa a violência doméstica/familiar.
A ideia de escrever livros voltados aos direitos humanos iniciou com uma pesquisa de campo com vítimas de violência doméstica familiar realizada em Mato Grosso do Sul, no Paraná e em Santa Catarina para subsidiar o TCC (Trabalho de Conclusão de Curso) de teologia. A pesquisa de campo, aliada aos anos de exercício da advocacia desde 2000 na área de família, contribuíram para, a partir da experiência empírica, o "nascimento" de duas obras, lançadas respectivamente em 2013 e 2014: "Quando os pássaros gritam" e "Túnica da Alma".
Além da formação em Direito, a escritora fez especialização em Direitos Humanos e Cidadania na UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados). Esse potencial teórico, somado à sensibilidade para as questões sociais, tornou-a conhecida no meio literário como 'a poetisa dos excluídos'. A inclusão das poesias dela no livro que será lançado pelo Grupo Editorial Celeiro de Escritores é mais um degrau alcançado por Marise e motivo de alegria para os colegas escritores e para os muitos amigos que fez desde que chegou a Dourados.


Marcelo de Oliveira Souza

Nenhum comentário:

Postar um comentário