Seguidores

sexta-feira, 24 de maio de 2013

Limbo Soteropolitano!



Limbo Soteropolitano


A cidade de Salvador  está mergulhada no caos, todo mundo  com medo  de todo  mundo, todos com medo de sair de casa, com  medo  até  da  própria  sombra.
A  violência  impera, essa semana  todos ficaram estarrecidos com o assassinato de um capitão da  Polícia Militar, ele estava num posto de lava-jato, de dia, quando dois marginais resolveram abordá-lo para levar seu veículo, ele reagiu e foi friamente aniquilado.
Aqui na soterópolis  ninguém se salva, o roubo de veículos é uma pratica quase corriqueira, carros e motos são levados em plena luz do dia, menores desajustados viraram o terror da população, são um perigo com a arma na mão; o tráfico e roubo a transeuntes virou uma frenética  agonia diária.
Esse "menor" assassino  completou maior idade penal  um dia após o crime, quer dizer que ele cresceu de um dia para o outro, ele tratou logo de se entregar, antes que a polícia usasse a lei de Talião.
A população não tem Talião, ela  clama por justiça e segurança, implora pela maior idade penal, até por um plebiscito;  onde já se viu  numa democracia, não termos poder de opinar nem por uma maior idade penal?
O pior ainda é que nessa chuva de mortes, tráficos  e  latrocínios, temos que ser políticos ou policiais, porque a polícia não dá conta de tanto crime, ou você acha que "eles" vão investigar  primeiro nesse  nosso "limbo" a morte de um cidadão honesto  ou de um colega de farda?


Marcelo de Oliveira Souza
www.poesiassemfronteiras.no.comunidades.net   - Concurso Anual de Poesias

Nenhum comentário:

Postar um comentário