Ajuda na manutenção do blog: Conta Poupança 5920-0 Agência 3679-0 Para Marcelo de Oliveira Souza

sexta-feira, 29 de junho de 2018

A Copa do Mundo é Nossa!





A Copa do Mundo é Nossa!




Essa época é inigualável para muitos brasileiros, as pessoas como sempre estão desestimuladas diante de  tantos problemas que assolam a nossa Pátria, mas depois começam a pipocar os fogos comemorando paulatinamente  cada vitória da seleção.
É muito subjetiva a ideia de torcer, pois muitas pessoas falam que o futebol é o “ópio do povo”, outras  falam que a seleção é  patrimônio cultural, gerando mais polêmica, porque enquanto a Brasil dos sonhos, está dando certo lá na Rússia, o patriotismo aflora, a nossa bandeira e Hino Nacional, “passeiam” no coração dos brasileiros.
Debates sem fundamento são feitos na televisão, passam-se muito tempo se perguntando se Neymar chorou ou não; se a seleção está jogando bem ou não está, contudo a vida continua nas penumbras da Copa do Mundo, pessoas continuam a sofrer por todos os tipos de desserviços dos nossos governantes, para não nos adiantar em outro adjetivo.
A nossa sociedade tem em seus berços o futebol, apesar do pouco investimento, sempre conseguimos ser um grande exportador de jogadores, que estão saindo cada vez mais cedo e nesse quadro, cada vez mais adolescentes admiram jogadores onde alguns não estão atentos para o fato de  que eles são verdadeiras “personalidades” para muita gente, “deuses” do Olimpo, de carne e osso, ao passo que são exigidos e cobrados; não têm estrutura para aguentar essa cobrança, sendo muitas vezes constrangedor assistir uma partida de futebol, onde o xingamento é uma máxima dessas “personalidades”...
Nesse mundo globalizado, vemos países ricos caírem, com boa estrutura na saúde, educação e todos os serviços; também vemos países  quase  miseráveis ganhando para os ricos, mostrando que não é simplesmente uma partida de futebol, é muitas vezes uma berlinda onde a autoestima  de um povo gira pelo gramado,  junto com milhões de pessoas acompanhando o destino de muita gente e de muito investimento feito para que tudo isso aconteça, onde sonhos são realizados e desfeitos em questões de segundos.
Da mesma forma muitos dos nossos gestores podem estar  mandando gente para lá, assistir a Copa, com o nosso dinheiro,   pois aqui no tapete da administração, o “jogo” da corrupção continua rodando, com Copa o sem  Copa, esperando pois, mais quatro anos para começarmos a sonhar tudo de novo.




Marcelo de Oliveira Souza,IwA
Dr. Honoris Causa em Literatura

Nenhum comentário:

Postar um comentário