Seguidores

sexta-feira, 26 de janeiro de 2018

" A la Madrid"





“A la Madrid!”

Quando a gente vem de um lugar maravilhoso como Barcelona, o nosso padrão de exigência para com as outras cidades aumenta muito, principalmente para quem vem com o destino Europa.
Assim, meio desconfiado, desembarcamos em Madrid pondo logo a cidade em desafio, fazendo como os europeus, usamos logo o metrô, é mais dificultoso que em Barcelona, pois são muitas linhas de intercessão, interessante que a gente coloca o nosso destino final, mas não tem nenhuma forma de fiscalização se fomos realmente a esse destino, ou se descemos em uma estação mais próxima.
Ficamos num hotel muito bom, chamado Leonardo, o pessoal é bastante cordial e atencioso, mas pediu um seguro de no mínimo cinquenta euros, que devolvem na saída, contudo se a gente   esquecer de pedir de volta...
A cidade é encantadora e dá para fazer praticamente tudo de metrô, quem pensa que cidade que não tem praia não tem opção, aqui na Europa não tem isso.
Os lugares que mais nos chamou atenção  foi o parque do Retiro, tem uma visão encantadora na parte central de um lago muito lido onde ficam as pessoas passeando  em pequenos barcos, inúmeros museus; tem um lugar chamado Plaza Maior, que faz a gente voltar ao passado.
Na parte de compras, Madrid, foi o lugar que mais chamou a atenção, tendo destaque a uma loja de magazine chamada Primark  que deixa qualquer um louco, impossível não comprar devido aos preços bem em conta e a grande variedade numa grande loja de cinco andares.
Madrid é uma cidade surpreendente, unindo o antigo e o moderno, na sua dose certa, os seus habitantes são atenciosos e educados, quando voltamos para o aeroporto inclusive, o taxista fez a maior festa porque estava com um brasileiro, ligou para todo mundo através de um aplicativo, isso mostra que o europeu não é tão distante quanto muita gente aqui pensa e apesar da dificuldade de se viver na Espanha, o desemprego assolando, o país é um dos destinos mais visitados no continente, fazendo jus ao título que enverga.


Marcelo de Oliveira Souza,iwa



Nenhum comentário:

Postar um comentário