Seguidores

domingo, 19 de abril de 2015

Dia do Índio 2015

Dia do Índio 2015

 

Pensemos na época quando o Brasil foi descoberto, onde já existia uma cultura sedimentada em nossa terra, em que os nativos comemoraram a curiosa visita.

De lá para cá as coisas mudaram muito, o desmatamento, queimadas, grandes cidades, tecnologia, tudo em prol do desenvolvimento humano.

Hoje as   pessoas veem o nativo indígena como um ser atrasado, outras veem como pessoas que não tiveram oportunidade de se desenvolver.

Em todas as formas constatamos que a população indígena foi praticamente extinta, onde muitos conseguiram ser um dos três   da raça brasileira.

A sociedade foi "evoluindo" e exigindo mais espaços, invadindo áreas verdes, sem se preocupar com o reflorestamento, em que   poucas cidades pensam nisso...

Mesmo assim estamos prestes a perder o nosso orgulho verde, que é a floresta amazônica, a população indígena que sobrevive por lá, é a primeira a gritar por socorro, pois é a primeira a ser   perseguida  porque  são eles os principais protetores do ecossistema local, mas como o desmatamento é uma prática escusa e rotineira,  ninguém dá importância para cuidar daquele "país" chamado Amazônia, onde até  mesmo os estrangeiros sonham em internacionalizar a região,  cujo lugar é uma verdadeira "mina de ouro", contudo nós,  brasileiros,  não damos o devido valor, não sabemos se é por causa da distância dos grandes centros ou se é porque o nosso povo tem a mania de achar o que é de todos, não é de ninguém.

Os índios gritam desesperados por socorro, no mundo verde amazônico; em outros cantos da nossa terra "brasilis" não é muito diferente, pois em meio ao caos, esquecemos até que existem índios e tribos.

Nesse dia que intitularam ser do índio, pensemos na importância que esse povo teve e tem   na criação dessa imensa nação de contraste e igualdades, que possamos acordar um dia e festejar esse dia como uma data de recomeço e de preservação ambiental, onde os nossos maiores fiscais da natureza, os índios, possam seguir seu destino como todos nós.

 


 

 

 



Marcelo de Oliveira Souza, IWA

Um comentário:

  1. Belo texto.
    Escrevi uma crônica quando estive em Porto Seguro sobre os nossos índios. Esta postada em meu site: www.sergrasan.com/toninhovendraminislides/

    ResponderExcluir