Seguidores

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

"Big-exemplo"!


Muita festa, álcool, corpos seminus, suor, piscina, muita paquera, tudo ao mesmo tempo, a gente tem a impressão de estar em uma noite badalada, uma grande festa, uma lavagem,  ou algum “evento” similar.
Mas é isso mesmo que acontece em nossas festas, o mesmo exemplo ocorre na “casa mais vigiada do Brasil”.
Esse modelo de diversão é praticamente uma imposição, quem não bebe ou não se enquadra nessa sodomia, é taxado de vários termos, no mínimo de quadrado, chato, antipático ou anti-social, se por um acaso algum ou alguma participante do Bigcoisa, não tiver essas atitudes, acrescido ao comportamento de dormir junto, certamente seria o primeiro a sucumbir do sonho milionário.
A nossa sociedade é isso mesmo, muito consumismo, muitas festas, preços altíssimos, mas todos têm que estar ali na festa da rodada, na comemoração da cervejada, na lavagem da vodca, onde desejo e pornografia são as faces da moeda que circula no Brasil, e ao depararmos com um suposto estupro, as pessoas acordam para a realidade do nosso mundo, pois nossas crianças são rotineiramente incentivadas a isso, nesse modelo de educação familiar conturbada, essa versão do programa já está sendo bastante educativa, porque a mesma sociedade que apóia todo esse festival de baixarias, dentro e fora da “casinha”  se pergunta, por que tanta violência?


Marcelo de Oliveira Souza


Contador de visitas

Nenhum comentário:

Postar um comentário