Seguidores

domingo, 5 de junho de 2011

A casa caiu

 

 

 

A casa caiu

 

 

A casa caiu e menino fugiu

O sobrado ruiu na chuvarada do Rio.

O povo desesperado

A pedra rola morro abaixo,

O morro dissolveu e a velhinha gemeu

Chorando pelo seu menino.

Debaixo da pedra poderia estar

Um sonho dissolvido...

O seu lar destruído do menino desinibido,

Saiu assustado do banheiro

Sem nenhuma idéia do que se livrou.

Olhou para a sua casinha e o sobrado

Viu que não sobrou nada!

Mas nessa vida desvairada

A casa pode cair diversas vezes.

Mas a altivez do recomeço

É a maior lição

do menino teimoso

Que hoje derruba as casas

Condenadas na sua profissão!

 

 

Marcelo de Oliveira Souza

do site http://marceloescritor.blig.ig.com.br



Visite o site:
 http://marceloescritor.blig.ig.com.br  Contos; artigos atualizados; poesias, etc.
 
 
 


Nenhum comentário:

Postar um comentário