Seguidores

sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Homenagem ao Dia de Finados

Finados

Mortos, tranquilos, acabados 

descansando a sete palmos finados 
deixando sua herança ou endividado, 
Espíritos puros, azulados 
ou espíritos impuros obsidiados, 
Precisando de oração os desesperados 
Os alegres e tristes enterrados 
com morte apressada ou forçados, 
Os que amavam a vida 
e os amargos e chateados. 
Todos com uma vida passada 
ou com uma vida a passar. 
O ouro puro na mão, indignado 
Brincando com este bem, iluminado 
Vivo, deveras respeitado 
Morto, nunca lembrado... 
O drama do sepultado 
com a imensidão da vida acabada 
depois de tanta luta desvairada, 
Restando cinzas e mais nada! 

Do Livro Confissões Poéticas.



Marcelo de Oliveira Souza, IWA
Organizador do Concurso Literário POESIAS SEM FRONTEIRAS

terça-feira, 28 de outubro de 2014


Resultado o II Prêmio Escritor Marcelo de Oliveira Souza
O evento criado no ano passado rapidamente encorpou-se, sendo abraçado carinhosamente pelos escritores brasileiros e estrangeiros, que são e sempre serão bem vindos.
Tivemos pessoas de praticamente todos os estados da nossa imensa federação, também tivemos gente dos Estados Unidos, Portugal e Cabo Verde, que deixou a organização do evento bastante entusiasmada.
Agradecemos a sua  participação nesse evento e contamos  com a participação dos outros que certamente virão, parabéns a todos  que conquistaram os primeiros lugares e menção honrosa internacional, pedimos que enviem  uma foto sua junto com a premiação para divulgação na imprensa local e nacional, junto com um depoimento sobre o prêmio literário.
Os vendedores do concurso são:
Menção Honrosa Internacional: Rui Manuel Duarte Tojeira de Marinha Grande - Portugal
Terceiro Lugar: Helveti Saude Lacerda Golfete - Cornélio Procópio PR
Segundo Lugar : Cléo Alves - Orlância SP
Primeiro Lugar: JUSMARIA DA CUNHA CARVALHO - São Paulo SP

Caso desejem ser avisados do nosso próximo concurso literário, enviem um e-mail para marceloosouzasom@hotmail.com

Marcelo de Oliveira Souza, IWA

Escritor e Organizador do Evento

sábado, 18 de outubro de 2014

Outubro Rosa



Outubro Rosa

 

 

As rosas vão sendo apertadas

Elas vão desfalecendo...

As pétalas caindo,

Umas dão o retorno

Com uma espetada,

Não podem ser maltratadas!

Outras rosas são apertadas

Apalpadas e cuidadas

São tão singelas quanto...

Ainda mais amadas

E cuidadas, mesmo na pressão !

Com as mãos espalmadas

Elas procuram atenção

De um lado e do outro

As rosas são atendidas

Muitas saudáveis outras feridas...

Mas nunca são atingidas

Pela foice maldita

Quando   para o autoexame

For dirigida.

 

 

 



Marcelo de Oliveira Souza, IWA
Organizador do Concurso Literário POESIAS SEM FRONTEIRAS

quarta-feira, 15 de outubro de 2014

O professor sempre dará importância à educação!

O professor sempre dará importância à educação! 





As pechas sempre estão aí para serem jogadas encima da categoria que é o alicerce de toda uma sociedade. 
Todos criticam os profissionais de educação, mas esquecem que a crise social está ai, onde crianças e adolescentes de lares tumultuados pela violência, desemprego dos pais, tráfico de drogas e fome, tudo que permeia o ambiente cuja maioria da clientela da escola pública passa e transfere para o ambiente escolar. 
Os professores têm sua profissão à prova ao ensinar o aluno com estas sequelas, e na sua maioria não irá aprender, pois todo esse drama corrói toda uma necessidade de investimento no futuro e o aluno preocupa-se com algo mais imediato, como a sobrevivência do cotidiano. 
Os profissionais de educação estão cada vez mais qualificados, diferentemente de antigamente, em que até professores leigos existia e obtinha um resultado muito mais plausível, a escola pública faz o seu papel, mesmo com deficiência, o que se faz necessário é que os governos se unam para dar emprego, saúde, moradia, combate à violência, pois a educação que é o item de maior importância, sempre será relegada ao último plano, porque o instinto humano pela sobrevivência, nunca irá aceitar trocar a segurança própria e a segurança alimentar pelo livro na sala de aula ou pelos conteúdos programáticos de uma escola. 
Assim que fala que o professor não dá importância a educação, ministrando o ensino de qualidade, esquece que como todo ser humano, o professor sofre todo esse drama, ao desprender-se da família e encarar uma sala de aula com todo esse drama social, quem fala que o professor não dá importância à educação está tão desinformado quanto um teórico da educação que vive nos confins do planeta Marte, se existir vida inteligente lá. 
Por isso, desejamos um feliz dia dos professores a todos que estão nessa jornada, que esse dia seja também de reflexão a todos que estão fora do ambiente escolar,mas têm seus filhos lá,  porque o drama da violência e do tráfico de drogas também chegou nas escolas e muitas vezes segmentos da sociedade "detona" o profissional de educação sem saber que  se não fosse ele a violência certamente estaria muito pior do que está hoje.


Marcelo de Oliveira Souza,IWA

domingo, 12 de outubro de 2014

Sonho na Infância - Homenagem ao Dia das Crianças



Como toda criança, eu tinha os meus sonhos na infância; um animalzinho era o meu desejo. 
Um cachorrinho, passarinho, qualquer coisa para exercitar a minha responsabilidade. 
Só que estes animais sujavam muito e minha mãe não achava muito legal. Podia ser qualquer animal, eu iria adorar! 
Um dia desses fui conhecer um Shopping e terminei chegando ao terceiro piso, que nesta loja parecia um mundo paralelo, um sonho, uma fantasia... 
Peixes lindos em tudo quanto é lado, em toda modalidade de aquário, não sabia discernir nenhum deles, só a sua coloração e movimento. 
Quando adulto, para minha surpresa deparei-me novamente com essa loja, mais sortida, com todo tipo de peixes de água salgada ou doce, cavalo-marinho, estrela-do-mar... Despertando novamente a criança interior.

Eu não resisti e comprei um aquário enorme com todo tipo de peixe, coloquei na entrada da minha residência e de repente vi pipocar um sem número de crianças deslumbradas com esse mundo aquático, igualzinho a mim enquanto criança, passando a despertar a curiosidade infantil numa missão cíclica de uma grande lembrança da minha infância.


Marcelo de Oliveira Souza,IWA

quinta-feira, 2 de outubro de 2014

Escritor Carioca radicado na Bahia Ganha mais um prêmio!

Escritor Carioca radicado na Bahia Ganha mais um prêmio!

 

O Escritor Marcelo de Oliveira Souza, organizador do Concurso Literário Poesias Sem Fronteiras e Prêmio Literário Escritor Marcelo de Oliveira Souza, acaba de ganhar mais um prêmio, dessa vez ficou entre os dez primeiros colocados no IV Concurso Literário da Rede de Farmácias PAGUE MENOS, com o belíssimo trabalho poético chamado FRASCO, uma homenagem às manipuladoras de fórmulas e substâncias farmacêuticas, esse  concurso já virou um certame tradicional, com o prestígio e  participação de escritores de todos os cantos do nosso imenso país e do mundo.

 

 




Marcelo de Oliveira Souza, IWA
Organizador do Concurso Literário POESIAS SEM FRONTEIRAS