Seguidores

quarta-feira, 28 de agosto de 2013

VENCEDORES DO IX CONCURSO LITERÁRIO POESIAS SEM FRONTEIRAS

VENCEDORES DO IX CONCURSO LITERÁRIO POESIAS SEM FRONTEIRAS

 

 

Esse ano houve a  participação da editora Celeiro de Escritores, em vista disso aconteceu um  recorde de poesias, onde tivemos que encerrar as inscrições quando chegasse ao limite de espaço do livro ANTOLOGIA DO IX CONCURSO POESIAS SEM FRONTEIRAS, norma da editora.

Nenhum escritor saiu no prejuízo, muito pelo contrário, o poeta receberá seu exemplar em sua residência, com o seu trabalho.

Os vencedores terão sua poesia publicada no site oficial do certame, receberão destaque no livro, junto com a biografia e  ganharão  um lindo certificado;  o primeiro lugar, também ganhará esse lindo troféu, já encaminhado para sua residência, sem nenhum ônus a pagar, senão a inscrição.

Esse ano iniciamos mais uma jornada, o I Prêmio escritor MARCELO DE OLIVEIRA SOUZA, com a mesma credibilidade e o mesmo organizador do   POESIAS  SEM FRONTEIRAS, que chegou ao seu nono ano com muito sucesso.

As inscrições estarão abertas até 20 de dezembro deste ano, não terá atropelos nem serão encerradas as inscrições mais cedo.

Confira no site www.poesiassemfronteiras.no.comunidades.net

 

Agradecemos a  todas entidades  que apoiaram o evento, principalmente Academia  Cabista  de Letras, Artes e Ciências /RJ ; União Brasileira dos Escritores/BA; Academia de Letras de Teófilo Otoni /MG ; Clube dos Escritores Piracicaba  e à Ed. Celeiro de Escritores.

 

 

Até o ano que vem com o X Concurso literário POESIAS SEM FRONTEIRAS

 

 Os vencedores do IX concurso literário POESIAS SEM FRONTEIRAS são:

 

Terceiro lugar:

75. Mariana Helena de Jesus

Segundo Lugar:

27. Verônica Miyake Rodrigues Koike 

Primeiro Lugar:

36.  MARILIA MARTINS DE ARAUJO REIS 

 

Parabéns a todos, pela vitória!

Pedimos às  vencedoras que enviem  a foto segurando a premiação e livro, junto com um depoimento, para divulgação.

 

Marcelo de Oliveira Souza

Organizador Do   POESIAS SEM FRONTEIRAS

E  PRÊMIO ESCRITOR MARCELO DE OLIVEIRA SOUZA

www.poesiassemfronteiras.no.comunidades.net

http://marceloescritor2.blogspot.com

Face: psfronteiras

 

 



Marcelo de Oliveira Souza

sexta-feira, 23 de agosto de 2013

I Prêmio Literário escritor MARCELO DE OLIVEIRA SOUZA


I Prêmio Literário escritor MARCELO DE OLIVEIRA SOUZA

Inscrições  de  05  de agosto  até 20 de dezembro de 2013

 

Realização dos sites www.poesiassemfronteiras.no.comunidades.net   ;        http://marceloescritor2.blogspot.com ; faceboook.com/psfronteiras
Apoio: Academia  Cabista  de Letras, Artes e Ciências /RJ ; União Brasileira dos Escritores/BA; Academia de Letras de Teófilo Otoni /MG ; Clube dos Escritores Piracicaba  

Como nesse ano tivemos a agradável novidade da criação do livro de Antologias POESIAS SEM FRONTEIRAS, o evento foi praticamente meteórico, deixando muita gente de fora.

Assim instituímos esse novo evento,  com a mesma credibilidade, nos mesmos  moldes das versões antigas  do  POESIAS SEM FRONTEIRAS, nosso outro concurso de poesias.

Os interessados devem enviar carta registrada com  uma única poesia, tema LIVRE (digitada ou datilografada) inédita, sob pseudônimo, em duas vias, dentro de um envelope maior. No envelope menor, deverá constar a ficha de inscrição que será criada pelo autor, com o nome, endereço completo, idade, profissão, escolaridade, título da poesia, pseudônimo, telefone, e-mail (se tiver), comprovante de depósito de R$ 10,00 em nome de Marcelo de Oliveira Souza, conta poupança BRADESCO : No 5920 digito 0 Agência 3679 digito 0. Não se esquecer de dizer como tomou conhecimento do concurso. 
Obs: Não aceitaremos poesias por e-mail ;  menores de idade podem participar desde que seja com a autorização dos pais ; Inscrições de países de outra língua também serão aceitas desde que estejam na língua oficial do concurso – Língua Portuguesa; Quanto aos trabalhos enviados, no final do concurso, serão incinerados; Caso não haja autor  estrangeiro a premiação  específica se extinguirá, da mesma forma procederemos para o autor juvenil; o escritor  poderá participar com mais de um trabalho, para isso terá que efetuar nova inscrição e pseudônimos diferentes; 
Formas  de pagamento: 
• Em espécie junto à ficha de inscrição (envelope menor) 
• Depósito Bancário ou transferência de conta 
• Fora do país: dez  dólares / euros ou em moeda vigente de cada pais no valor correspondente. 

RESULTADO: Dia 10 de janeiro de 2014 


No site oficial do concurso; nos blogs marceloescritor; por e-mail, para quem enviar o endereço eletrônico e por carta para quem não tiver e-mail. 


1° lugar: Troféu + certificado + Livro Confissões Poéticas + Livro Momentos, reflexões, preces e  aforismos
2° lugar:  Certificado + Livro 30 anos de Poesia + PEN DRIVE 2GB

3° lugar: Certificado + Livro "Memórias do Inferno Brasileiro" 
Menção Honrosa Internacional: Certificado  + Livro Confissões Poéticas +  Lembrança de Salvador;  Menção Honrosa Juvenil : Certificado + Livro Encantos em Cantos + Lembrança de Salvador

O Livro Confissões Poéticas é do autor MARCELO DE OLIVEIRA SOUZA, organizador/patrono  do concurso.; Os Livros "30 Anos de Poesia" e "Memórias do Inferno Brasileiro" são do autor Valdeck Almeida de Jesus: O  livro de Reflexões e o livro Encantos em Cantos  são  do escritor  César Roberto Leitão Martins.

Todos os vencedores do concurso terão seu trabalho publicado no site www.poesiassemfronteiras.no.comunidades.net 
Contatos: marceloosouzasom@hotmail.com e celular 71-9251-0196

Enviar carta registrada para: 

I Prêmio Literário escritor Marcelo de Oliveira Souza
A/c escritor Marcelo de Oliveira Souza  Conjunto Edgar Santos Bloco 14/204 
Engenho Velho de Brotas  Salvador  Bahia   BRASIL  CEP 40240-550 


Marcelo de Oliveira Souza

domingo, 18 de agosto de 2013

Nasce a União Baiana de Escritores em Salvador


Publicado por Roberto Leal As domingo, 18 de agosto de 2013  | Sem Comentarios

Diretoria da UBE/BA
Neste sábado, 17 de agosto, foi realizada reunião da diretoria da União Baiana de Escritores, também UBE/BA, que será empossada durante o III ENEBI - Encontro de Escritores Baianos Independentes, em outubro, a diretoria se reuniu na Biblioteca Pública do Estado, nos Barris, em Salvador, das 10 às 12h30min horas, quando foram discutidas ações, desde o trabalho de marketing na busca pela matéria prima, que é o associado/escritor; e o empenho na divulgação da imagem da nova entidade através dos seus impressos e projetos em realização, até a conclusão da nova diretoria e suas atribuições, dentre tantos outros temas. Sendo que o foco foi o escritor, o livro e aUBE/BA.
A entidade aparece como uma surpresa, o que se leva a apostar na real possibilidade de dissolução do Núcleo da União Brasileira de Escritores, que é ligada a UBE/SP, os associados não estavam satisfeitos, escritores reclamavam que a parceria não angariava vantagem para os escritores baianos, de maneira que isso já era algo projetado, conversado e amadurecido, na verdade os escritores só esperavam à hora certa, de maneira que foi estudada uma forma de trabalhar usufruindo de uma maior liberdade, mais independência, uma entidade mais aberta com o associado e mais próxima também.
A diretoria terá mandato biênio e terá a seguinte composição:
Presidente: jornalista, escritor e editor Roberto Leal
Vice - presidente: jornalista, professor e escritor Carlos Souza
Secretária: Jornalista e escritora Cymar Gaivota
Diretora de Administração e Finanças: Secretária Delci Silva Souza
Diretor Geral: jornalista e escritor Valdeck Almeida
Diretor de Marketing e Propaganda: poeta e publicitário Jorge Carrano
Diretor de Projetos: O Escritor e professor Marcelo de Oliveira Souza.
Membros Correspondentes: escritores Alberto Peixoto (Feira de Santana) e Araken Vaz Galvão( Valença).

UBE/BA, como deve se chamar na sigla, já vem dialogando com a Diretoria do Livro e da Leitura da Fundação Pedro Calmon, sinalizando a participação na programação da Bienal Internacional do Livro e no III ENEBI - Encontro de Escritores Baianos Independentes. Como também a diretoria já cogita sentar para estudar uma parceria com a Fundação Gregório de Mattos também, buscando fortalecer os projetos e abrir debates que facilitem a vida literária dos escritores, principalmente aqueles "cognominados" de independentes. Os projetos já existentes realizados pela entidade como o "Papo de Escritor", terá um novo formato e como sempre será aberto aos associados; os Seminários continuaram a ser realizados, como também novas parcerias deverão ser firmadas, principalmente com editores, já confirmada nessa lista a Editora Òmnira; a entidade editará mensalmente o jornal "Página 2", onde o associado poderá publicar seu trabalho e participar das atividades da sua entidade de classe, além de um site que no momento já se encontra em construção e estará a serviço da informação literária. Mais informações:uniaobaianadeescritores@yahoo.com.br ou (71) 8688-8096 / 9722-6805.

Texto: Roberto Leal

Fonte: ASCOM/Fundação Òmnira


Marcelo de Oliveira Souza
Marcelo de Oliveira Souza

sábado, 17 de agosto de 2013

Assassinato da Língua Portuguesa

Assassinato da Língua Portuguesa

 

 

Todos sabemos que hoje em dia a educação vem claudicando nos estabelecimentos de ensino, muitos só pensam no quantitativo, não vislumbram a escola como um ambiente de aprendizagem, alguns comparam até esse fortuito meio de crescimento   com castigo.

Os "estudiosos" no assunto inventam uma gama de métodos inovadores para vender livros, sabendo-se que não existe aprendizado sem uma pessoa disposta a aprender.

Não existe um ser humano disposto a aprender vivendo em um meio adverso, cheio de dificuldades psicológicas ou financeiras, muito menos onde a permissividade impera.

A falta de educação é tão grande que já estamos transpassando o aprendizado para a esfera alimentar, onde o limite inexiste.

A criança sem limites não vai se interessar por nada que imagine ser monótono, quando chega à esfera escolar, o professor tem dificuldade de ensinar, pois quando não existe ordem numa sala, não vai existir aprendizado.

Antigamente existiam professoras primárias leigas, que conseguiam mais sucesso do que os professores de hoje,  com mestrado e até doutorado.

Essa semana  fomos  resolver alguns projetos numa gráfica, na nossa  frente havia um homem que passou quarenta minutos para corrigir um texto a ser impresso, nessa agonia da espera apareceu  uma mulher com um "banner" na mão, onde existia uma homenagem ao seu genitor, referente ao dia dos pais. Ela chegou argumentando que o digitador escreveu seu "banner" errado, confessou que era "fraca" em português e quando os parentes foram ler a homenagem, passou  a maior vergonha, tudo escrito  errado e faltando até palavras.

Só em quinze minutos constatamos uma pessoa   na frente "roendo"  a  nossa língua, vimos  seu texto cheio de erros, mas deixamos assim para ver se toma vergonha e vai estudar um pouco;  a outra assassinou a língua de todas a formas, ainda saiu carregando a sombrinha, com medo de escorregar na nossa língua pátria mais uma vez.

Assim caminha a nossa sociedade, maltratando nosso idioma, depois é só culpar o professor, que "está tudo bem".

 


 

 

Marcelo de Oliveira Souza

quinta-feira, 15 de agosto de 2013

POESIAS SEM FRONTEIRAS


Apresento-lhes o troféu do IX concurso literário POESIAS SEM FRONTEIRAS! um igualzinho a esse sairá no início do ano com o I prêmio escritor MARCELO DE OLIVEIRA SOUZA inscrições : www.poesiassemfronteiras.no.comunidades.net

Marcelo de Oliveira Souza

FW: Cordel na Academia de Letras!









"Cordel na Academia" terá início na quinta-feira, dia 15, participem:


Palestra dia 15, às 19h30, na UNIFEOB - "Viagem pelo Cordel Brasileiro"
Palestra dia 16, às 9h, no Colégio Integrado – "O que é Cordel"
Haverá ainda, na sede da Academia de Letras, dia 16, das 13h30 às 17h30, exposição de xilogravuras e venda de Cordel.
Palestra dia 16, às 19h30, no UNIFAE - "Viagem pelo Cordel Brasileiro"
Oficina, no sábado, 17 de agosto, em dois horários:
Das 9h às 11h30 - Tema: "Cordel & Repente"
Das 13h30 às 16h – Tema: "O Cordel na Sala de Aula"

O encerramento de "Cordel na Academia" se dará às 16h, do dia 17, sábado - "De Repente, O Repente"

Contamos com a presença de vocês, nos eventos. Vamos prestigiar os escritores João Gomes de Sá, Varneci Nascimento e os Repentistas João Doutô e Adão Fernandes.


Saudações Acadêmicas

Lucelena Maia
Presidente

Silvia Ferrante
1ª Secretária

Maria Cândida de Oliveira Costa
Coordenadora

quarta-feira, 14 de agosto de 2013

Adeus Adelina!


Adeus Adelina!

 

 

O riso da  alegria

Telefone todo dia

Assuntos intermitentes,

A tiamãe  com a gente.

 

Adelina senhora menina

Sempre junto, contente

Suporte materno colo quente...

 

Tudo isso foi embora

Acabou a jornada

A paixão exacerbada

Não  convalesceu...

 

A agonizante espera

Culmina o inesperado

Escrevo o verso angustiado,

Na despedida, consternado.

 

 

Reclamamos  a  sua  presença

A sua ida sepulcral...

Tia Selma despediu-se,

Mas um dia...

Quando nos encontrarmos

Passaremos dias conversando

Lá no outro portal!

 

 

Marcelo de Oliveira Souza

Do site:

http://marceloescritor2.blogspot.com

14/08/2013

O sepultamento será hoje no Cemitério Bosque da PAZ


sábado, 10 de agosto de 2013

A cafonice de ser correto

A cafonice de ser correto

Hoje em dia com a degradação da família, todos os bons conceitos são criticados, a atenção e o cuidado dos pais viraram invasão de privacidade.
Muitos adolescentes impuseram aos seus  pais  um território paralelo, o seu quarto; uma linha particular, o seu celular; suas anotações e bolsas, viraram  "sigilo bancário"   e assim por diante.
Com os parâmetros deteriorados por programas de televisão e permissividade dos pais, os genitores que ainda têm um cuidado maior com seus rebentos, ainda são criticados abertamente.
Numa reunião de pais, uma palestrante colocou uma propaganda onde uma criança de uma faixa etária de cinco anos de idade, cobra do seu coleguinha uma ligação para o seu aparelho de telefone, onde o menininho justifica não ligar por ter um dedinho quebrado.
Nessas diversas interpretações, que cabe à mensagem, um pai disse que era contra esse tipo de propaganda, pois induz à criancinha a ter um celular e a fazer e receber ligações de todas as pessoas, outro pai vociferou do fundo da sala, que a filha dele que tem a mesma idade, liga para todos e recebe ligações de muita gente, que não acha  certo filtrar ligações da filha...
Outro fato inusitado foi o depoimento de uma ex-modelo que  acompanha a sua filha desfilar no bacanal televisivo com nome instituição fazendária.
A "mãe" foi inquirida sobre a cópula que a filha tinha praticado "no ar" embaixo do famoso edredom, a genitora orgulhosamente soltou a "pedrada" :
"- tomara mesmo, que ela tenha transado sem camisinha, pois terei um netinho lindo..."
Nessa nova época da permissividade e da sodomia, é difícil educar uma criança, mesmo se nossos conceitos sejam positivos, pois isso virou sinônimo de invasão de privacidade e cafonice.





Marcelo de Oliveira Souza

quinta-feira, 8 de agosto de 2013

Você tem o pai e o pai se transforma em seu filho!

Você tem o pai e o pai se transforma em seu filho! 


Parafraseando o que foi dito repetidamente no novo filme de Super-homem, percebemos que é cíclica a natureza. 
As pessoas namoram e se conhecem, procurando sempre um par perfeito para poder dividir as alegrias e tristezas do cotidiano, até que um dia conseguimos achar alguém que nos complete, e assim constituindo uma nova família. 
Mesmo com todas as dificuldades, ainda o ser humano deseja ter um filho, alguém que possa levar à frente o nosso DNA, e principalmente alguém que possa cuidar da gente em nossa velhice, mesmo que não possamos apostar todas as fichas em uma pessoa, o destino é sempre sábio. 
Cuidamos da criança, trocamos suas fraldas, um ser tão indefeso em nossas mãos, nem parece que é uma vida que se consolida. 
Isso tudo se repete no final da nossa existência, o adulto se transforma em criança, enfrentando a velhice, voltamos a ficar indefesos, tudo se transforma novamente, querendo ou não, quando percebemos estamos sendo guiados pelo nosso filho, nossa criancinha, que antigamente em meio a balbucios, percebemos e nos vimos no futuro através dele. 
A vida sempre pede o que podemos dar, se plantamos coisas boas, certamente no futuro, tudo virá de uma forma positiva e tranqüila, por isso sempre temos que nos esmerar no trato com as pessoas, principalmente se for ente da família, como um filho, que no futuro ele sempre estará lá para atestar e endossar a forma de como foi tratado em sua infância. 


FELIZ DIA DOS PAIS!



Marcelo de Oliveira Souza

sábado, 3 de agosto de 2013

. O LIVRO ESTENDIDO NO CHÃO



. O LIVRO ESTENDIDO NO CHÃO



Um livro estendido no chão, todo esfacelado, vejo em um beco perto de um colégio e ponho-me a pensar de quem era e onde terminou.
O nosso governo tem feito o possível para diminuir as diferenças sociais, hoje os Colégios é quem perdem turmas por falta de alunos, pois eles não estão mais interessados em fazer um curso normal, encontram merendas fartas e esnobam a fila para não serem pobres, os que encaram a merenda, desperdiçam, jogam nos colegas, no chão, falam as piores agruras sobre a sagrada refeição, em que os pais deles muitas vezes não encontram tal oportunidade e até mesmo hoje, reza para ter uma janta parecida com a merenda do seu filho.
Os projetos estão aí para o auxílio dos adolescentes, mas em sua curta existência, taxa-o de ruim por ser público, desprezando o seu patrimônio educacional e de sua comunidade, hostilizando os funcionários em educação, fazendo pouco de seus mestres, enfim, tudo o que ele deveria valorizar, faz justamente o contrário, pois o inconsciente coletivo adolescente, teima em imperar. Mas futuramente tudo isso será cobrado, pois como a vida é cíclica, sua posição de adolescente não ficará eternamente, bem como os seus genitores, e fora da redoma escolar, a vida ensinará, mas aí será tarde demais, pois esse material estendido no chão, que não tinha sido valorizado, certamente fará a diferença.

Marcelo de Oliveira Souza
Parte do Livro do autor
Conto & Reconto
Ed. Celeiro de Escritores





sexta-feira, 2 de agosto de 2013

O presente de ser pai!

O presente de ser pai 




Vem chegando mais uma oportunidade para comemorarmos o dia dos pais, o comércio se oriça todo só em pensar nas vendas que irão atingir. 
Aquele velho consumismo vem à tona, todos falando em presente, mas nunca falam em presença, a presença é sempre o mais importante, os pais não estão fincando mais presentes na vida dos filhos, que muitas vezes estão sendo criados por babás, creches e tudo que uma sociedade nova e com valores deteriorados possa permitir. 
A relação de pais e filhos está estragada na maioria das famílias, o poder paterno vem diminuindo diante de tanta permissividade e no dia dedicado aos pais vem toda aquela questão do presente, o presente não é importante, repetindo, o amor sim, é o mais importante é o maior presente que podemos dar no cotidiano e o que podemos receber. 
Vamos aproveitar o Dia dos Pais e refletir sobre essa nobre missão, pois apesar dos lares desfeitos por separação ou até por seu filho já possuir outra família, os laços de amor nunca são desfeitos, pelo contrário, datas como essa não é data de comprar e sim de renovar o sentimento de amor a quem concebeu e criou a nossa família. 

Marcelo de Oliveira Souza 


Marcelo de Oliveira Souza

Dia dos Pais de Karatê!


Esse dia vai ser muito especial, pois os pais verão o seu sonho realizado, onde seu filho irá mostrar toda arte da cultura oriental.
Essa filosofia ministrada pelo professor Pedro Rocha terá a sua avaliação no torneio de Karatecas XIII Copa Sakapro INterclubes Kumite.
Será no dia dos pais, 11/08/13, as inscrições ainda estão abertas pelo telefone 71-9148-1715.
Têm várias categorias do Mirim ao Senior.


Marcelo de Oliveira Souza