Seguidores

sábado, 28 de abril de 2012

Dia do TrabalhaDOR


Dia do TrabalhaDOR 2012

 

Lá pelos anos de 1886, realizou-se uma grande manifestação para redução da carga horária, esse evento teve a participação de milhares de pessoas, que cansadas de exploração, reivindicaram a redução de jornada de trabalho, mesmo com muita luta, conseguiram o seu intento.

Como isso era um caso incomum, foi até criado o dia do trabalho em homenagem a esse evento de luta do trabalhador.

Mais de um século depois, os trabalhadores ainda são explorados, seja pelos empresários, seja pelos governadores, que dirigem os seus cargos como se fossem donos perpétuos desses postos, para muitos até pode ser, pois o poder muitas vezes é revezado de pai para filho, de marido ou esposa ou para alguém de extrema confiança, mostrando que na política, não é qualquer um com boas intenções que pode ser eleito para um cargo público, é preciso muito dinheiro, a grande mola da humanidade.

Essa mola para os funcionários públicos está cada vez mais enferrujada, como no caso dos professores, do estado da Bahia,  ainda estão em greve e  como em vários estados, exigem o que lhes são de direito, o pior que tem muita gente que acha que ganhar o piso de R$ 1451,00 é um salário satisfatório.

De acordo com o governo do Estado da Bahia, o aumento de 22% será somente para quem tem o magistério ou para quem não é licenciado, mostrando o descomprometi- mento com a educação, infelizmente entra governo e sai governo a história é a mesma.

Não é de hoje que a Educação brasileira é desvalorizada, mas quando começaram a acordar para a problemática educacional, gestores estaduais inventaram um jeito de "dar" aumento a uns, retirando gratificações, o pior de tudo isso valorizando quem não investiu tanto na carreira, jogando o já famigerado plano de carreira no LIXO.

 

 

 

Marcelo de Oliveira Souza



Marcelo de Oliveira Souza
Meus blogs: http://marceloescritor.blig.ig.com.br                 Concurso de Poesias: www.poesiassemfronteiras.no.comunidades.net
                     http://marceloescritor.blogspot.com
Meu  livro Confissões Poéticas já  à venda no site: http://24.233.183.33/cont/login/Index_Piloto.jsp?ID=bv24x7br
Valores: R$ 7,59 Virtual  Impresso: R$ 25,32  Com o autor:  R$ 20,00

 


sexta-feira, 27 de abril de 2012

Hipocrisia



HIPOCRISIA

 

Surpresa um dia!

Gravidez, uma alegria

Acidente na vida.

Concepção indesejável,

Surto, raiva, quem diria...

Violência carnal, anencefalia

Corpo invadido,

Numa covardia...

O corpo lindo feminino

Transforma- se,

A menina também.

No país da HIPOCRISIA

Aceitam mendicância

Violência e letargia

Roubos, drogas, tudo agonia.

A falsidade aborta o aborto

E o  hipócrita engana com destreza

Numa corrente brasileira

Perdoando o imperdoável

E repugnando o aceitável.

 

 

Marcelo de Oliveira Souza

 

 

 

 


Marcelo de Oliveira Souza
Meus blogs: http://marceloescritor.blig.ig.com.br                 Concurso de Poesias: www.poesiassemfronteiras.no.comunidades.net
                     http://marceloescritor.blogspot.com
Meu  livro Confissões Poéticas já  à venda no site: http://24.233.183.33/cont/login/Index_Piloto.jsp?ID=bv24x7br
Valores: R$ 7,59 Virtual  Impresso: R$ 25,32  Com o autor:  R$ 20,00

 


quinta-feira, 26 de abril de 2012

Um convite especial

facebook
Marcelo De Oliveira Souza deseja compartilhar fotos e atualizações com você.
Marcelo convidou você para participar do Facebook. Após cadastrar-se, será possível se conectar a amigos ao compartilhar fotos e vídeos, publicar atualizações de status, enviar mensagens e muito mais.
Visualizar fotos de Marcelo
Essa mensagem foi enviada para marceloosouzasom.escritor@blogger.com. Caso não queira receber estes e-mails do Facebook no futuro ou não que seu endereço de e-mail seja usado para sugestões de amigos, clique em: cancelar inscrição.
Facebook, Inc. Attention: Department 415 P.O Box 10005 Palo Alto CA 94303

quarta-feira, 25 de abril de 2012

POESIAS SEM FRONTEIRAS


PoesiaS sem Fronteiras

Poesias sem Fronteira em um concurso anual organizado pelo escritor Marcelo de Oliveira Souza, na Bahia.
Já participei três anos: Menção Honrosa e duas vezes terceiro lugar. Fico feliz e grata pelo convite. A arte me fascina quer em prosa ou em verso, mas os versos trazem o encanto que a mente despoja com todo sentimento. O Poema revela o lirismo da alma e quando o amor aflora as palavras liberam o oculto do coração que jorra qual correnteza procurando espaço.
Poesia sem fronteiras é assim. Incentiva na criação de poemas, classifica, envia certificados e brindes. Marcelo Oliveira, o grande incentivador da Arte Literária meus cumprimentos pelo brilhante trabalho, sucesso. Estarei sempre com você. Beijos no coração.
 
Sonia Nogueira



Marcelo de Oliveira Souza
Meus blogs: http://marceloescritor.blig.ig.com.br                 Concurso de Poesias: www.poesiassemfronteiras.no.comunidades.net
                     http://marceloescritor.blogspot.com
Meu  livro Confissões Poéticas já  à venda no site: http://24.233.183.33/cont/login/Index_Piloto.jsp?ID=bv24x7br
Valores: R$ 7,59 Virtual  Impresso: R$ 25,32  Com o autor:  R$ 20,00

 


sexta-feira, 20 de abril de 2012

A Greve é Grave!

A greve é grave



A greve é grave
É grave a culpa
A culpa da greve
Vai se agravando
Um governo nefasto
Provoca a greve.
Instrumento gravado
Sempre repetido...
Policia, saúde, educação
Cada um  na  sua greve.
A greve de cada um
Gritos, choro e raiva
A greve se agrava
E o mais grave,
O  manda chuva
Não faz nada,
Nadinha...
Só procura a tesoura
Para cortar o ponto,
Contudo o Ponto
em questão
Só se ouve um grave
NÃO!


Marcelo de Oliveira Souza




Confiss�es Po�ticas

CONFISS�ES PO�TICAS

O novo livro do autor Marcelo de Oliveira Souza, CONFISS�ES PO�TICAS � uma colet�nea das suas melhores poesias com tem�ticas universais versando sobre: guerras, Bin Laden e o 11 de Setembro, amor, liberdade, espiritualidade e muitos outros que certamente far�o voc� suspirar.

O livro ainda pode ser adquirido de duas formas:

Via internet: http://24.233.183.33/cont/login/Index_Piloto.jsp?ID=bv24x7br

em qualquer lugar do mundo como e-book

Diretamente com o autor: pelo celular 71-81553677

Atrav�s dos seus sites e blog: http://:marceloescritor2.blogspot.com

Adquira ou reserve o seu J�!

O lan�amento ser� pela INTERNET, como o livro poder� ser adquirido de tr�s formas:

Pela editora 24 horas atrav�s do site: http://24.233.183.33/cont/login/Index_Piloto.jsp?ID=bv24x7br

Valores: R$ 7,59 Virtual Impresso: R$ 25,32 Com o autor: R$ 20,00

terça-feira, 17 de abril de 2012

Confissões Poéticas!


O novo livro do autor Marcelo de Oliveira Souza, Confissões Poéticas é uma coletânea das suas melhores poesias com temáticas universais versando sobre:  guerras, Bin Laden e o  de Setembro, amor, liberdade, espiritualidade e muitos outros que certamente farão você suspirar.
O livro ainda pode ser adquirido de duas formas:
em qualquer lugar do mundo como e-book
Diretamente com o autor: pelo celular 71-81553677
Através dos seus sites e blog: http://:marceloescritor2.blogspot.com
         
Adquira ou reserve  o seu JÁ!



segunda-feira, 16 de abril de 2012

Dia do Índio




Hoje em dia no Brasil é muito difícil dizer quem realmente é índio, aquela idéia do indo ser sossegado, largado na rede, aceitando os desígnios divinos já terminou.
Por muito tempo os indígenas de todos os continentes foram explorados, usurpados e até escravizados, na invasão do Brasil pelos portugueses eles tomaram a causa do desenvolvimento e da religiosidade para poder dominar, mesmo método que todos os outros colonizadores fazem há séculos.
Justamente quando se comemora o dia do índio, estoura uma revolta no sul do Estado da Bahia, onde os verdadeiros nativos reclamam a posse de inúmeras fazendas, têm algumas delas com mais de oitenta anos na posse da mesma família por gerações, que estão sendo retomadas pelos silvícolas.
O Ministro do Supremo ficou de decidir como fica a questão, contudo ninguém nunca vai sair satisfeito, os índios que antes eram a maioria no nosso país querem recuperar o que foi tomado, contudo grandes latifúndios  certamente não poderão ficar em poder de tão poucos nativos, pois não iria demorar esse domínio, de alguma forma retornaria ao poder de outros “brancos” ou seria explorada irregularmente, como é o caso de várias terras indígenas nesse nosso imenso país, onde no papel os indígenas dominam, contudo na verdade o precioso solo virou caminho de pedágio, pontos de explorações minerais, vegetais ou até “campo de estudo” da nossa fauna, onde nossos espécimes são de fato levados para serem estudados, plantados e  utilizados no exterior .


Marcelo de Oliveira Souza


domingo, 15 de abril de 2012

O Melhor Lugar para Viver



O Melhor Lugar para se viver



Com certeza
Poucas cidades reúnem tanta beleza
Numa aula  de perfeição
Ela se limita com destreza
Mesclando o seu desenvolvimento
com sutileza.


Interlagos e Guarajuba desfilam
Esguias, livres de impureza
Itacimirim,  Genipabu,
Criam o “complexo da natureza”.

De forma industrial
A cultura se multiplica sem igual
Tudo se transforma a todo o momento,
Camaçari não dá moleza!


Cultuando a alegria de aprender
A “Cidade do Saber”
Segue em frente com sua proeza,
Quem não conhece, causa até estranheza
Mais fácil é vir aqui para perceber
Que Camaçari é o melhor lugar para se viver.

Marcelo de Oliveira Souza




sexta-feira, 13 de abril de 2012

Ninguém entra ninguém sai!


Ninguém entra  e ninguém saí!

Quem disse que os velhinhos não pagam caro pela gratuidade no transporte público? Os direitos deles são suados,  tem ônibus que passam direto para não pegar o pessoal da terceira idade, tem outros  micro-ônibus como esse da fotografia, que tem um tal de “curral” que prende os idosos na dianteira, dificultando o acesso dos passageiros, resultando em um grande constrangimento para todos, mesmo o coletivo vazio eles são obrigados a se amontoarem,  sentarem no braço da poltrona,  no colo dos outros, pagando um preço caro que a sociedade lhes impõe.



Marcelo de Oliveira Souza

Contador de visitas

quinta-feira, 12 de abril de 2012

O Brasil vai bem e o seu povo vai mal.

Contador de visitas



O Brasil vai bem e o seu povo vai mal.

A mídia sempre alardeia o bom momento em que o Brasil passa, o consumismo acelera, quem está fora do país pensa que a nação está muito bem, grandes investimentos, Copa do Mundo, mas a nossa pátria continua com a segregação entre ricos e pobres, honestos e bandidos, infelizmente o ser humano integro está perdendo espaço, virou modelo de “idiota”, em todos os cantos vemos os maus exemplos triunfando, a nossa sociedade separa, aponta, e vende a falsa idéia do brasileiro esperto.
O Brasil precisa mudar,  se tivesse governantes em sua totalidade honestos e com bons pensamentos jamais poderia admitir pessoas brigando por lixo, a sociedade cega finge que isso não existe, mas a revolta está aí, a violência, o tráfico de drogas cresce, o peculato também, somente o pobre vai preso ou morto, os ricos agora compram carros blindados, mas infelizmente eles não podem blindar toda a família, inclusive a sua alma.
O nosso Brasil precisa de mudança, pois a sujeira acumulada durante anos está voltando do esgoto, chegando à porta de todos e não vai ter festinha em nenhuma redoma que faça o povo esquecer-se de quanto a saúde,  a educação e  a segurança estão sendo desprezadas.

Marcelo de Oliveira Souza

quarta-feira, 11 de abril de 2012

Greve dos Professores do Estado da Bahia

Contador de visitas


Greve dos Professores do Estado da Bahia

Depois de muito tempo, de total descaso o sindicato APLB cedeu às pressões dos professores e decidiu fazer uma assembléia, com profissionais de várias partes do Estado.
Em reunião no teatro do Salesiano, Nazaré, os professores tomaram todas as dependências do lugar, o número foi tão grande que não deu para entrar tanta gente, ficando pessoas nas calçadas e até na praça, mas uma coisa todos eram unânimes, a necessidade de fazer greve, pois o governo somente acena com 7,5 por cento e o restante dos 22,22 por cento somente em janeiro, indo de encontro à lei de magistério.
Diante de tanta indignação os professores saíram cantando palavras de ordem, mesmo perante a chuva, o ânimo não esfriou, seguindo para a Praça da Piedade.

Marcelo de Oliveira Souza